29/12/2010

Bem-vinda Ticha

Por já não ser novidade nenhuma, o facto da Ticha fazer parte desta Liga Feminina 2010/2011, em representação do MCell - Algés, facto que veio trazer ao Campeonato uma grande "lufada de ar fresco".
Se o 1º treino da Ticha e noticia do Record e de outros jornais diários, onde andavam estes matutinos, quando a mesma Ticha depois de representar o U. Santarém, "mandar-se" para os EUA, á procura de um sonho, que com muito trabalho e suor, conseguiu entrar numa equipa da WNBA, sagrando-se campeã, e raínha das assistências.
Daí ao topo das equipas na Europa foi um saltinho, e jogar na França, Polónia, Russia, e Italia, não era mais de um complemento á qualidade daquela que passaria a ser a nossa embaixadora, e representante do desporto feminino, ao mais alto nivel.

Outras seguiram o mesmo sonho, tais como Paula Muxiri, que representou também Old Dominion, Mary Andrade, Vera Jardim, Sofia Coelho, Joana Fogaça, Ana Oliveira, entre outras, mas que algo despercebidas, nunca se lhe deu o devido mérito pela coragem de lutar por um futuro na modalidade que em Portugal não era famoso.

Passaram-se anos, e um sem numero de "carolas" tais como dirigentes, treinadores, adeptos e Clubes, não deixaram o basquetebol feminino, morrer, e exemplo está na coragem das equipas e dos Clubes têm de se expor nas Competições Europeias desafiando estruturas de orçamentos muito superiores do que quaisquer orçamento de uma equipa da nossa Liga Masculina, e numa luta desigual de meios, lutando com armas diferentes do sector masculino, no qual pensam eles, impera a qualidade, a organização, muito mais dinheiro, mais interesse, e um produto mais vendavél.

Afinal aquilo que exportámos regressa á origem, e aqui dou as boas vindas á Senhora do Basquetebol, que em conjunto com as outras que andaram lá por fora, foram capazes de se realizar profissionalmente, de serem melhores pessoas e trazer coisas positivas e qualidade para os nossos campeonatos e para as nossas ligas, e assim reunimos a par com o trabalho desenvolvido nas selecções jovens, um sem numero de motivos para que esta Liga seja a Liga da afirmação do Basquetebol, que com menos apoios e menos recursos, é um produto definitivamente demasiado interessante para ser desprediçado.

Em jeito de conclusão, bem vinda Ticha Penicheiro, que desde os teus 12 anos tive o prazer de acompanhar, e passados 24 anos, "os que levo como Treinador", será um prazer cruzar-me contigo no mesmo campo onde iremos fazer dos jogos com toda a certeza uma grande festa.

A minha homenagem áqueles (pai e mãe), são os grandes culpados no bom sentido de tudo isto ser possivél.

Parabéns aos três.

19/12/2010

Liga - Resultados 13ª Jornada

Tudo na mesma na frente da tabela classificativa, já que os lideres, CAB MAdeira e Quinta dos Lombos foram ganhar nos campos dos adversários, Algés e Académico do Porto respectivamente.
O Barcelos conseguiu vencer em casa o já fragilizado Torres Novas, que com o avanço da competição começa a ter mexidas na sua estrutura.
Em jornada antecipada, o Vagos foi vencer ao GDESSA por 50-66, jogo referente à 16ª jornada, e hoje Vagos e Micaelense fecham a jornada (13ª), e o ano de 2010, por sinal com a estreia do Pavilhão de Vagos depois das obras, ou seja o 1º jogo em casa do Vagos na presente época.

13ª Jornada

Algés 64 - CAB Madeira 65
Olivais 64 - Boa Viagem 45
Académico 48 - Quinta dos Lombos 56
Barcelos 62 - Torres Novas 54
AD Vagos - U. Micaelense - Hoje às 16.00 Horas

16ª Jornada

GDESSA 50 AD Vagos 66

12/12/2010

Newsletter da Liga Feminina nº 10 - by Jaime Silva e Luis Veiga










Liga 12ª Jornada - Resultados

Foram disputados a maioria dos jogos da Liga Feminina, já que amanhã o lider Quinta dos Lombos visita o Basquete de Barcelos, enquanto o Algés tem direito a folga.
Nos jogos disputados esta tarde, o Boa Viagem depois de ter perdido na Madeira a meio da Semana, foi ao pavilhão do Sangalhos perder por 22 pontos de diferença com destaque na equipa do Vagos para a Brasileira Lilian Lopes que facturou 26 pontos, e a americana Chineze a ser a MVP da partida com 20 pontos e 14 ressaltos.
Dolado do Boa Viagem o que conseguiu melhor foi igualar o 3º periodo a 19 pontos, já que ao intervalo já perdia por 39-24. Chevon com 15 pontos 12 ressaltos, e Brandie com 21 foram as melhores da equipa de Marcos Couto.

No Barreiro a equipa de Nuno Manaia depois de vencer 4 jogos consecutivos perdeu, com o lider CAB Madeira mas pela margem minima 67-68, num jogo muito equilibrado com constantes alternâncias no marcador.

O Académico foi surpreendido pelo Torres Novas, sofrendo uma derrota pesada no seu reduto.

Em Coimbra o Olivais não teve oposição frente á equipa açoreana de S. Miguel, privada da sua melhor jogadora Adelina, afastada por lesão.


AD Vagos 77 - 55 Boa Viagem/Angra-Açores
GDESSA Barreiro 67 - 68 CAB Madeira
Académico 45 - 70 Torres Novas
Olivais Coimbra 103 - 35 União Micaelense
Quinta dos Lombos 68 - 57 Basquete de Barcelos

09/12/2010

Liga Feminina - 11ª Jornada - Resultados e Classificação

11ª Jornada

Académico/Liberty Seguros 59 - Mcell-Algés 73
Torres Novas 54 - Vagos/Aleluia Cerâmicas 70
Barcelos/Mendanha Sousa 51 - GDESSA Barreiro 68
CAB Madeira 77 - Boa Viagem/Angra-Açores 65
Quinta dos Lombos 66 - Olivais 56

Classificação Actual - J-V-D-P

1º Quinta dos Lombos.............9..8.1.17
2º CAB Madeira.......................9..8.1.17
3º AD Vagos..............................9..7.2.16
3º B. Viagem-Angra-Açores..10.6.4.16
5º GDESSA Barreiro...............10.5.5.15
6º Mcell-Algés.........................10.5.5.15
7º Olivais Coimbra..................10.5.5.15
8º Torres Novas.....................10.4.6.14
9º AFC - Liberty Seguros......10.3.7.13
10º Basquete Barcelos...........10.2.8.12
11º União Micaelense...............9.0.9..9

02/12/2010

EuroCup Women - Vagos despede-se na Hungria com derrota

Equilibrio no 1º periodo com um empate a 17 pontos depois de um mau inicio do Vagos com um parcial de 7-0, foi a tónica do inicio do jogo, para depois o Györ puxar dos galões de favorito, e de um plantel de grandes soluções para dominar o segundo quarto chegando ao intervalo, não sem antes a arbitragem, de baixa qualidade a tapar os olhos a uma agressão de Carlson a Daniela Domingues, quando a 6 segundos do final da 1ª parte já vencia por 14 pontos (44-30).
No reatamento o Vagos conseguiu não deixar fugir mais o adversário, quando a diferença fisica começava a criar desgaste patente no ultimo quarto, ficando o Vagos diminuido pela sua americana Chineze a atingir a 5ª falta, com decisões arbitrais em completo critério desigual.
No ultimo periodo, o Vagos teve uma produção ofensiva baixa, gerindo também o seu plantel.
A poste Letona Ieva Kublina foi a mais eficaz com 18 pontos, ficando Olajuwon apenas com 8, quando em Anadia no jogo da 1ª ronda facturou 27. Joana Lopes com 16 pontos foi a melhor das portuguesas, acompanhada por Lilian com 12, e Chineze com 10.

Parciais:
17-17, 27-13, 22-20, 15-5

SEAT GYÖR 81

Öri, Delmis 3, Englert, Carson 11, Kublina 18, Semsei 5, Olajuwon 8, Simon 10,
Nagy, Horváth 4, Kovacs 5, Vida 17.

AD VAGOS 55

Chineze Nwagbo 10, Ana Teixeira 1, Mariana Alves 8, Joana Lopes 16, Inês Faustino, Lilian Lopes 12, Ana Antunes 2, Daniela Domingues 6, Sara Ressurreição, Raquel Soares.

O Nantes de França apura em 1º Calssificado depois de ter vencido ontem as Alemãs do Saarlouis Royals, enquanto o Seat Györ é o segundo deste grupo H. O Vagos, Olivais e Algés, encerram assim mais um ciclo Europeu, pelo 3º ano consecutivo, (Vagos e Olivais), o qual trouxe mais capacidade e experiência a jogar num patamar mais elevado do que as competições internas.

01/12/2010

Olivais perde na Eslováquia frente ao Ruzomberok

Já tinha sido uma dificil tarefa no jogo em Coimbra defrontar esta equipa que apresenta no seu plantel jogadoras de elevada estatura e peso, muito diferfentes da equipa lusa.
Independentemente disso, estar sempre no jogo discutindo o resultado, era a tarefa do Olivais que com a mesma ambição de sempre procurou colmatar as suas fraquesas perante o forte adversário.
Inicio de grande nivél com um parcial inicial de 14-6, indicava que a equipa portuguesa estava bem viva.
Um parcial de 15-0 favoravél à equipa da casa, matou o jogo. A este nivél isto paga-se muito caro e a equipa eslovaca começou a controlar as operações até ao final.
Ao intervalo a equipa da casa vencia por 10 pontos de diferença, e a partir dali o Olivais remava contra a maré contra uma equipa de vastos argumentos entre as quais a poste Simona Podesvová autora de 24 pontos, e a base Bielorussa Tarasava com 17 aniquilavam a equipa das estudantes para reduzir o prejuizo.
No Olivais a norte-americana Kiva Herman 21 pontos e 7 ressaltos) foi a melhor e também Earnesa Wiliams com 14 pontos e 6 ressaltos.
Assim o Olivais fecha o seu ciclo Europeu, sendo a vez do AD Vagos, defrontar pelas 17.00 Horas na Hungria o Seat Gyor, jornada do Grupo H.

Parciais:

21-14, 18-15, 17-13, 19-12

MBK Ruzomberok 75

Podesvová 24, Tetemondová 9, Novocká 2, Cernáková 5, Lukacovicová 14, Bucakova, Kalafutová 2, Tarasava 17, Baburova 2, Felixova.

Olivais Coimbra 54

Kiva Herman 21, Michelle Brandão 4, Ana Calheiros, Earnesa Wiliams 14, Nádia Tavares, Jessica Almeida, Ana Fonseca 9, Susana Cardoso, Sofia Silva 6, Maria Andrade.




O Lille de França com 6 vitórias e o Rozumberok na 2ª posição, seguem á Fase seguinte, podendo o Lottos Young Cats da Bélgica poder entrar no grupo dos melhores terceiros da próxima fase da EuroCup Women 2010/2011.

Algés repete derrota na EuroCup Women

Com o Algés a jogar em casa frente á forte equipa do Saragoça, iniciou-se mais uma (ultima), jornada da EuroCup Women, na qual o Algés saiu derrotado por 33-66. Com um inicio equilibrado, as lisboetas conseguiram um 1º parcial equilibrado 15-16, para depois as espanholas não mais permitirem que o Algés voltasse ao jogo, obrigando em cada periodo, que os parciais favoraveis ao Algés não passasse os 6 pontos marcados.
Do lado Algesiano Angel Robinson foi a melhor com 13 pontos e 13 ressaltos enquanto das espanholas Lucia Pascua foi a que mais indices estatisticos produziu com 4 pontos 13 ressaltos. Passam à 2ª fase deste grupo o Saragoça em 1º lugar seguido do Energa Torun da Polónia com ambas as equipas com 3 vitorias e 1 derrota entre si.


Parciais:
15-16, 6-20, 6-12, 6-18

Algés 33

Kate Mills 2,Joana Ramos, Rita Alves, Ana Oliveira, Angel Robinson 13, Joana Fogaca 5Marcia Carvalho, Barbara Pedro 2, Sara Filipe 4,Matea Vrdoljak 5, Susan Foreid 2, Ana Coelho.

Filter Mann Saragoça 66

Feaster-Strong 6, Casas 16, Ouvina 7, Zlatanova 4, Kresovic 10, Pascua 6, Royo 8, Brown 3, Henry 2, Pina.

Newsletter Liga Feminina Nº 9 by Jaime Silva