31/05/2009

Maritimo começa em vantagem

Realizado ontem o jogo 1 da Final da 1ª divisão, o Maritimo venceu o Quinta dos Lombos no jogo 1 da Final por 47-68. Os parciais foram os seguintes:

1º 14 - 10
2º 11 - 14
3º 12 - 26
4º 10 - 18

MVP - Catarina Caldeira - 21 pontos

29/05/2009

CATARINA FREITAS # 10 - 21 Anos Capitã da equipa Marítimo

Agradeço desde já a disponibilidade da Catarina e da Mariana.
Neste nosso basquetebol, comentasse e falasse muito, e muitas vezes não ouvimos os que as jogadoras pensam. Aqui temos claros os objectivos das duas equipas...Ganhar a Final...Por isso, Boa Sorte para ambas e que seja uma grande Final, e que dignifique o basquetebol delas.

Temos assistido a uma presença assídua do Marítimo nestas coisas de Finais. Sendo o Marítimo o Campeão em Título, o que esperam deste estreante Quinta dos Lombos?
Apesar de Quinta dos Lombos ser um estreante na 1.ª Divisão e de nós sermos as campeãs em título, penso que isso não significa que partimos em vantagem para esta final. Quinta dos Lombos tem algumas jogadoras experientes na sua equipa. Apesar do Marítimo ser presença assídua nas finais dos últimos anos, a nossa equipa tem sofrido constantemente uma remodelação, sendo por isso muito. Finais são sempre finais, por isso é 50% para cada lado. Vai ser muito difícil para ambas as equipas.


Sendo o Marítimo Equipa satélite do CAB Madeira, a vossa equipa é composta com jogadoras jovens. O facto de partilharem com outra competição (Liga) é uma vantagem?
Uma vez que a nossa equipa é composta por jogadoras jovens, na sua grande maioria sub-19 e uma delas sub-16, é muito importante para a nossa evolução que algumas de nós tenham oportunidade de competir na competição mais alta de Portugal. A competição na Madeira praticamente não existe e todas nós sabemos que um dia poderemos competir à equipa principal, o que nos leva a dar sempre o máximo para um dia lá chegar.


Chegar a uma Final, e não poder subir ao melhor Campeonato, que sentimento é que fica?
Não existe qualquer sentimento negativo pelo facto de não podermos subir à Liga. Isso não implica que vamos ter oportunidade de jogar na Liga, uma vez que para isso existe a equipa séni or do CAB. Sabemos que temos, por agora, lugar na primeira divisão e possivelmente teremos simultaneamente oportunidade de jogar na Liga Feminina, daí as nossas aspirações mantêm-se intactas. O objectivo é sempre o mesmo: melhorar e ganhar o jogo seguinte.


Qual a tua opinião sobre todas estas regras que regem o Basquetebol Feminino, ajuda à sua evolução, ou não?
A existência do C.S. Marítimo permite que as atletas mais novas e as atletas mais velhas que não têm, por agora, oportunidade de jogar na equipa principal, tenham uma competição regular e equilibrada. É lógico que a existência desta equipa contribui para a nossa evolução; sem ela, é provável que algumas de nós já tivessem abandonado a modalidade, por não terem onde praticar a modalidade que mais gostam.

Voltando à Final. Começar a jogar fora dificulta a tarefa. Quais as maiores dificuldades que vão encontrar?
Jogar fora dificulta um pouco, principalmente porque no nosso caso implica mais uma deslocação ao Continente e o cansaço que isso envolve, apesar de já estarmos habituadas. Não temos o nosso público e isso também dificulta sempre a nossa tarefa. Sabemos que do outro lado vai estar uma equipa mais alta do que a nossa e com jogadoras muito experientes que certamente dificultarão a nossa tarefa.


Que mensagem deixas às tuas colegas de equipa, e aos apoiantes e familiares?
Apesar de termos voltado a sentir dificuldades ao longo da fase regular, voltámos a chegar ao Playoff, o nosso primeiro objectivo, e a chegar à final, cumprindo o objectivo de chegar o mais longe possível nesta fase. Não podemos esquecer o percurso que nos trouxe até aqui. Foi fundamental o papel de todas as atletas ao longo da época, pois se não fosse assim não teríamos alcançado o 6.º lugar da fase regular e não teríamos chegado à final a jogar ao nível que pretendemos. Existem apoiantes regulares da nossa equipa, maioritariamente os nossos familiares, e contamos com o seu apoio para voltarmos a vencer o campeonato e, de preferência, voltar a festejar em nossa casa.


Este é o ponto mais alto da 1ª Divisão. Não achas que se dá pouca importância ao vosso Campeonato?
Não acho que se dá pouca importância ao nosso campeonato; acho que se dá pouca importância ao basquetebol feminino, quer estejamos a falar da Liga Feminina ou da 1.ª Divisão. Se a divulgação da modalidade já é pouca, no feminino é quase inexistente.



O que sentes que se podia mudar para haver mais envolvimento e mais apoios?
Na minha opinião o primeiro passo é os clubes unirem-se e procurarem medidas que promovam a o seu clube e a modalidade. Cada clube tem um papel fundamental para a modalidade. A partir daí então passa a ser papel das Associações e da Federação trabalhar no sentido de que o basquetebol feminino ganhe maior expressão a nível nacional. Só com a ajuda de todos será possível que a nossa modalidade cresça.


Como aparece a paixão pelo basquetebol na tua vida?
Era uma miúda irrequieta e gostava de todos os desportos. Na minha infância pratiquei futebol, andebol, voleibol, dança, entre muitas outras actividades. Porém, a construção do Pavilhão do CAB perto de minha casa, fez com que um dia, eu e a minha irmã decidíssemos experimentar. Apareci, experimentei, gostei e por lá fiquei, já lá vão 11 anos.

Quais os teus objectivos individuais no Basquetebol? Até onde ambicionas chegar?
Para já, o objectivo principal é tornar-me bicampeã nacional pelo C.S. Marítimo. Já perdi 3 finais da 1.ª Divisão, frente ao CPN, Boa Viagem e D. João V e, por outro lado, estive envolvida na primeira conquista de um título da 1.ª Divisão por parte do Marítimo. Quero, agora, voltar a ficar na história do clube pelos melhores motivos, juntamente com as minhas colegas de equipa. Ao longo dos últimos anos tive oportunidade de integrar por diversas vezes a equipa sénior CAB, umas vezes apenas na pré-época, outras ao longo de toda a época. Este ano tal não foi possível, ao contrário do que aconteceu na temporada passada. Por agora, pretendo voltar à equipa sénior do CAB e depois, quem sabe, garantir o lugar que até hoje procuro. O objectivo de qualquer jogador de basquetebol é jogar ao mais alto nível e, por isso, esse não poderia deixar de ser o meu.
Quais as tuas referências?
Tenho várias referências nacionais e internacionais. A maior referência ao longo de todos estes anos em que pratiquei a modalidade foi e continua a ser, sem dúvida, a Fátima Silva, jogadora do CAB. Recordo-me de ver a “Fati” jogar pelo CD Nacional e defrontar o CAB, em derbies de outros tempos. Hoje, passados tantos anos, tive oportunidade de tê-la como treinadora e como colega de equipa. Para além disso, joga na mesma posição em que eu jogo com mais regularidade, na posição de base, pelo que aprendi e continuo a aprender muito ao vê-la jogar e enquanto tive oportunidade de treinar com ela. Internacionalmente, uma das minhas jogadoras preferidas é a Sue Bird. Queria também deixar uma palavra especial para a treinadora Luísa Montes, a nossa actual adjunta, que me acompanhou ao longo de todo o meu percurso, enquanto jogadora dos escalões de formação do CAB e, mais recentemente, enquanto atleta do C.S. Marítimo. Apesar de não ser uma referência como atleta, pois nunca a vi jogar, é sem dúvida uma referência por tudo o que significa “dentro” e fora de campo para mim.

28/05/2009

MARIANA LAGES # 7 - 26 anos - Capitã da equipa Quinta dos Lombos

Perguntámos a Mariana Lages do clube de Carcavelos, e a Catarina Freitas do Marítimo, capitãs de equipa, as opinões sobre alguns aspectos relacionados com a Final e não só.
Sem duvida uma ascenção muito rápida ao top do Basquetebol Feminino em Portugal. A que se deve este sucesso do Quinta dos Lombos?
O sucesso da Qta dos Lombos deve-se a várias coisas, primeiro a um grupo fantástico de jogadoras que tentam dar sempre o seu melhor e trabalham quase diariamente para melhorar e ultrapassar as suas dificuldades, a assiduidade de todas as jogadoras gera competetividade, saudável, mas importante para a evolução da equipa, depois um treinador que consegue motivar as jogadoras de uma forma excelente, até mesmo aquelas que jogam menos nunca baixam os braços e continuam a trabalhar, o treinador adjunto que faz o scouting para podermos conhecer os adversários e prepararmos melhor os jogos, a direcção do clube bastante bem organizada e que funciona quase como uma família e por último as óptimas condições que temos para treinar e jogar.. Desde que passamos a jogar no novo pavilhão a secção de Basket tem vindo a evoluir a olhos vistos não só nas seniores como também nos outros escalões, uma das coisas boas desta mudança foi que ficámos mais perto dos sócios e simpatizantes do clube e começámos a sentir bastante mais apoio. Isto tudo fez com que em dois anos subissemos da 2ª Divisão para a Liga.

Chegar à Final era um objectivo, já que isso dava o acesso à Liga, e agora?
No ínicio da época o objectivo era chegar aos play-off, tudo o que viesse a mais era óptimo, não esquecer que tinhamos acabado de subir de divisão não sabiamos propriamente o que íamos encontrar, agora já que chegámos até aqui, na minha opinião com mérito, vamos jogar para ganhar.. Não vai ser fácil porque o Marítimo é o campeão em titulo mas vamos fazer tudo por tudo para ganhar. Como um velho ditado "as finais não se jogam ganham-se!!". Infelizmente no ano passado fomos vice-campeãs nacionais da 2ªDivisão espero que este ano consigamos ser finalmente campeãs nacionais da 1ª Divisão!!

O que esperas desta Final?
Vai ser uma final com duas grandes equipas, acho que todos os jogos vão ser disputados até aos últimos segundos e a vitória pode cair para qualquer uma das equipas.

O Maritimo tem um conjunto de jogadoras de grande qualidade, que dificuldades esperas encontrar?
Vai ser complicado.. todas as jogadoras do Marítimo têm grande capacidade técnica, são bastantes rápidas, têm bom lançamento exterior e defendem bem. Vamos ter que trabalhar bastante para superar e contrariar todas estas qualidades da equipa adversária.

Que mensagem deixas aos adeptos e familiares?
Que nos venham apoiar como têm feito nos jogos em casa, já que fora vai ser difícil.. e que nos ajudem a conquistar este grande feito para o clube!!

O Quinta dos Lombos é um Clube jovem. Achas que o Clube responderá ás necessidades dos futuros compromissos?
Já pertenço a este clube há quase 14 anos e conhecendo as pessoas que o dirigem acho que sem dúvida nenhuma que vão fazer tudo por tudo para responder às necessidades dos futuros compromissos.

Que carências sentes no Basquetebol Feminino?
Não só no Basket mas acho que em quase todos os desportos, excluindo o futebol, se não tivermos um patrocinio é complicado sobreviver. Deveria de haver mais apoios, todas as jogadoras jogam por paixão ao basket não há mais nenhum incentivo, pelo menos um prémio de jogo já era bom. Mas como as coisas estão acho que este tipo de incentivos vão demorar a chegar.

Até onde gostarias de ir no Basquetebol?
Como é uma possibilidade e está próximo.. ser Campeã Nacional da 1ª Divisão.. Depois poder jogar até não poder mais se possivel nos Lombos que é o meu clube desde sempre!!

Final da 1ª Divisão - Antevisão das Capitãs de equipa

Nada melhor do que saber o que elas pensam desta grande Final.

A opinião da Mariana Lages do Quinta dos Lombos e da Catarina Freitas do Marítimo




....Já a Seguir....

27/05/2009

FINAL 1ª DIVISÃO - Calendário

Carcavelos

Jogo -1
30 de Maio de 2009
18:00


Jogo - 2
31 de Maio de 2009
17:30



Funchal

Jogo - 3
06 de Junho de 2009
16:00
Jogo -4
07 de Junho de 2009
17:00
Carcavelos
Jogo - 5
10 de Junho de 2009
17:30

1ª Divisão - Final para Quinta dos Lombos vs Maritimo


Inicia-se este fim de semana a Final da 1ª Divisão, depois de apuradas as equipas do Quinta dos Lombos, e do Marítimo.

A Quinta dos Lombos, treinada pelo nosso conhecido José Leite, foi 3ª classificada na Fase Regular, disputando a 1ª eliminatória do Play-Off, contra o António Aroso, vencendo os dois jogos disputados, cruzando-se de seguida com o Académico do Porto na 1/2 Final. Académico que por sua vez tinha eliminado o 2º classificado da Fase Regular o Lousada.

Sabendo que a passagem desta eliminatória daria logo o direito de subida à Liga, o Quinta dos Lombos, não desprediçou essa oportunidade, vencendo a eliminatória por 2-0, frente a um Académico que se viu a braços com uma Fase Final de Juniores no mesmo fim de semana do jogo 2.

Do outro lado, o Marítimo 5º classificado da Fase Regular eliminou o Coimbrões (4º) com 2-0, e encontrou na 1/2 Final a dificil equipa do ADE Sintra, vencedora da Fase Regular.

Da mesma maneira que o Académico, o ADE Sintra viu-se com uma grande tarefa, o de tentar eliminar o Marítimo que não conseguiu depois de perder na Madeira o jogo 1, e no fim de semana seguinte jogar a Fase Final de Juniores e ter de virar a eliminatória a seu favor no seu campo no escalão Senior.

Tarefa demasiado pesada para as meninas de Sintra que de certeza acusaram algum desgaste com muitos jogos no mesmo fim de semana, e o Marítimo de Ricardo Montes fazendo o seu trabalho, elimina o ADE Sintra, e garante a presença na Final da 1ª Divisão 2008/9.






Parabéns aos Finalistas

Selecção Nacional vence em Angola

Três jogos, três vitórias foi o balanço da campanha realizada em Angola no Torneio de Lubango, onde se destacaram Sónia Reis e Paula Muxiri nos jogos disputados. Vitórias sobre South Africa, R.D. Congo e Angola.
A preparação segue com mais dois jogos contra a selecção de Cuba, em Vila Pouca de Aguiar, e em Peso da Régua.
A convocatória foi rectificada com a inclusão da Patricia Jesus do Olivais, e Sofia Silva da Académica, e finalmente com Sofia Ramalho que acabou por ser impedida de viajar para Angola.

25/05/2009

Sub-16 - Vagos vence o Inter-Associações


Repetindo o êxito da época anterior, o Vagos, este ano 4º Classificado na Fase Final da AB Aveiro, venceu ontem o F.C. Porto no jogo que decidia o vencedor do Torneio.

Jogo disputado no Pavilhão do Formigueiro na Maia, num jogo nada bem jogado e onde os turn-overs e os lançamentos falhados foram evidentes, o F.C. do Porto esteve sempre á frente até ao 4º periodo altura em que o Vagos com um triplo e um lançamento de dois pontos de Diana passou para a frente ganhando um vantagem minima que soube gerir até ao final.

Com 42-46 no Final, o Vagos repetiu o êxito já alcançado na época anterior.


Parabéns à equipa

24/05/2009

Calvão - Campeão Nacional Sub-19

Realizada em Coimbra, a fase Final de sub-19, marcada pelo grande equilibrio, ditou que o Colégio de Calvão ao vencer o ultimo jogo com o Académico do Porto por 66-62 após prolongamento, entrasse na galeria dos Campeões Nacionais da Federação, sucedendo ao ESSA vencedor o ano passado.
Num cenário de equilibrio e após a jornada de ontem, todas as equipas poderiam ser campeâs ou ficar noutro lugar na Fase Final.
O Colégio beneficiando também do resultado do jogo anterior em que o ESSA perdeu com o Algueirão, foi para o seu jogo dependendo de si próprio para se tornar Campeão.


Só o prolongamento decidiu a conquista, e diga-se com todo o mérito, após um empate a 53 no final dos 40 minutos.



Às meninas do Colégio de Calvão, os meus parabéns, e em especial ao seu treinador e amigo Paulo Silva.

Classificação Final:
1ª JORNADA
ADE SINTRA 49-54 CALVÃO
ACADÉMICO-56-39 ESSA

2º JORNADA
CALVÃO 58-61 ESSA
ACADÉMICO 48-66 ADE SINTRA

3ºJORNADA
ADE SINTRA 69-54 ESSA
CALVÃO 66-62 ACADÉMICO

Classificação Final
1º - Colégio de Calvão
2º – ADE Sintra
3º – Académico
4º – GDESSA Barreiro

20/05/2009

Vagos renova com Clarissa


Chegada ao Clube em Janeiro e para substituir Mandi Carver, Clarissa dos Santos cedo se afirmou na Liga deste ano como uma das melhores executantes no jogo interior, do Campeonato. Dotada de uma capacidade fisica invulgar para a luta dos ressaltos, Clarissa termina a época como a lider dos ressaltos da Liga.

MVP na Final da taça de Portugal e em varias jornadas da Fase Regular dão-lhe um estatuto de umas das melhores estrangeiras no nosso país.

A direcção do A.D. Vagos, entendeu assim continuar com a jogadora, renovando o seu vinculo para a próxima época, antes do seu regresso a sua terra natal para uns dias de férias.




18/05/2009

sub-19 - Titulo discutido em Coimbra

A Fase Final de Sub-19, numa organização da Associação de Coimbra, para este fim de semana no Pavilhão Multi-Desportos.
Académico e Colégio de Calvão, um repetente e um estreante do Norte, ESSA, Campeão em titulo, e ADE Sintra, também dois repetentes da Fase Final do ano anterior, vão medir forças já no próximo fim de semana.
Todas as equipas utilizam jogadoras a jogar no escalão maior, uns na Liga, outros na 1ª Divisão, o que se torna bastante positivo para a evolução das jogadoras.
Os dados estão lançados, e assistiremos concerteza a uma boa Fase Final

Calendario:

1ª Jornada 22/05/2009
19.00 Horas - Algueirão/Adesintra - Colégio de Calvão
21.00 Horas - Académico - GDESSA

2ª Jornada 23/05/2009
13.00 Horas - Vencedor 1.º Jogo - Vencido 2.º Jogo
15.00 Horas - Vencedor 2.º Jogo - Vencido 1.º Jogo

3ª Jornada 24/05/2009
09.30 Horas - Vencido 1.º Jogo - Vencido 2.º Jogo
11.30 Horas - Vencedor 1.º Jogo - Vencedor 2.º Jogo

Bons Jogos a todos

Ovarense é Campeão Nacional de Sub-16

Fim de semana de decisão do titulo, disputado no Pavilhão de Idanha-a-Nova. Pautado com equilibrio, a Ovarense foi mais feliz e sagra-se Campeã Nacional com uma derrota apenas por um ponto frente ao CAB, e isso fez com que beneficiasse de melhor cesto avarage.

Coimbrões, CAB e Ovarense acabam empatadas com o mesmo número de vitorias e derrotas na prova, O SIMECQ, foi a equipa perdeu todos os jogos disputados.

Aveiro conquista assim mais um título feminino, já que a nivel de selecções regionais também tenha ficado patente a sua superioridade nas festas em Portimão

1ª Jornada:
SIMECQ 65 - 87 CAB
SC Coimbrões 61 - 65 Ovarense

2ª Jornada:
Ovarense, 70 - 54 SIMECQ
CAB, 70 - 73 Coimbrões,

3ª Jornada
Coimbrões 76-58 SIMECQ
Ovarense 86-87CAB

Classificação Final
1º Ovarense
2º Coimbrões
3º CAB
4º SIMECQ

EQUIPA IDEAL (cinco)

Gabriela Ipinoza - Ovarense
Joana Jesus - Coimbrões
Inês Pinto - Coimbrões
Mafalda Barros - CAB
Mónica Luís - CAB

MVP
Gabriela Ipinoza - Ovarense

MUITOS PARABÉNS

15/05/2009

Sporting Figueirense - É Campeão Nacional da 2ª Divisão 2009

Numa Fase Final realizada no inicio deste mês, o Sporting Figueirense confirmou o seu favoritismo constatado na primeira fase do Campeoanto da 2ª Divisão, e venceu com relativa facilidade os jogos da Fase Final, sagrando-se assim Campeão Nacional da época 2008/2009.
Numa organização da AB Aveiro e com o apoio da Gesfunny, o local escolhido foi o Colégio de Bustos, IPSB Colégio Frei Gil, palco que foi pequeno para adeptos fieis ás suas equipas.
De salientar a subida a par do Sporting do Torres Novas, um objectivo que já perseguiam desde a época passada.
No Sporting, destaque para o trabalho desenvolvido por todo o grupo de trabalho, contribuindo para o renascimento de um Clube histórico do basquete feminino, e da Figueira da Foz.

Parabéns

01 de Maio de 2009
Torres Novas 44 - 68 Sp. Figueirense
Estoril Basket 57 - 52 Juvemaia

02 de Maio de 2009
Sp. Figueirense 73 - 44 Juvemaia
Estoril Basket 53 - 55 Torres Novas

03 de Maio de 2009
Torres Novas 52 - 41 Juvemaia
Sp. Figueirense 70 - 50 Estoril Basket


Classificação Final

Pts J V D Pontos Dif Ptos Pts Prd
1º Sp. Figueirense 6 3 3 0 211 138 +73
2º Torres Novas 5 3 2 1 151 162 -11
3º Estoril Basket 4 3 1 2 160 177 -17
4º Juvemaia 3 3 0 3 137 182 -45

Sub 16 - Decisão do Titulo para Idanha-a-Nova


Coimbrões, Ovarense, SIMECQ de Lisboa e CAB Madeira, vão dicidir qual a equipa que sucede este ano ao Esgueira Campeão em título curiosamente no pavilhão do SIMECQ na época passada.

Esta Fase Final será pautada pelo equilibrio, já que assim foram os respectivos Campeonatos das diversas zonas.
Bons jogos a todos


1ª Jornada - 6ª feira - 15.05.2009
1º Jogo - Coimbrões x Ovarense - 19.30
2º Jogo - SIMECQ x CAB - 21.30

2ª Jornada - Sábado - 16.05.2009
Vencedor 1º Jogo x Vencido do 2º Jogo - 15.30
Vencedor 2º Jogo x Vencido 1º Jogo - 17.30

3ª Jornada - Domingo - 17.05.2009
Vencido 1º Jogo x Vencido do 2º Jogo - 9.00
Vencedor 1º Jogo x Vencedor 2º Jogo - 11.00

13/05/2009

Aja - do Olivais para as Seattle Storm


Pois é... Mesmo em Portugal Aja Parham como free agent, e não sendo escolha de draft, chegou a acordo no dia 7 de Maio, em ser uma das 17 jogadoras que contituem o Campo das Seattle Storm. Aja jogou em Portugal as duas ultimas épocas e tem uma média de 16,3 pontos por jogo, 6,7 ressaltos, 2,7 roubos de bola, e 1 Assistência de média na época agora terminada.
Formada no Boston College, (2006) Aja Parham era a sub-capitã de equipa realizando 33 jogos durante a sua época de sénior. Também como Sénior, Parham foi nomeada para a primeira All American defense team, e liderou os Eagles com 67 roubos de bola, e com média de 9.8 pontos e 5.8 ressaltos por jogo.

Aja irá ter como companheiras, jogadoras do top do mundo como são os casos de Lauren Jackson, Sue Bird, e Swin Cash.

Para a Aja desejo-lhe os maiores sucessos e que se consiga afirmar nesta equipa, e que passe a ser mais uma opção para o Sr. Brian Agler, treinador desta equipa, pois concerteza que terá muitos adeptos deste lado do oceano a torcer por ela. Iremos concerteza acompanhar mais de perto a carreira desta equipa.


De salientar também que a estreia neste primeiro jogo é no dia 6 de Junho e logo contra as nossas conhecidas Sacramento Monarchs.

Good luck AJA, the best for you!!!

12/05/2009

1ª Divisão - Já nas Meias Finais

Na 1ª Divisão o ADE Sintra, não teve dificuldades em eliminar o Gafanha em apenas 2 jogos, igual numero de jogos também nas outras eliminatórias.
Destaque para a eliminação do Lousada pelo Académico do Porto, Lousada esse que foi o 2º Classificado na primeira fase.

ADESintra (1º)2-0 Gafanha (8º)
39-55
72-49
Lousada (2º)0-2 Académico (7º)
61-54
58-63
Qta dos Lombos (3º)2-0 António Aroso (6º)
50-57
84-37
Coimbrões (4º)0-2 Marítimo (5º)
82-39
59-70

A seguir o emparelhamento é o seguinte:
ADE Sintra vs Marítimo
Académico vs Quinta dos Lombos

Selecção Nacional - Inicia hoje o Estagio

Terminadas que foram as competições da Liga, arranca hoje os trabalhos da Selecção Nacional Sénior Feminina, tendo em vista a participação num Torneio em Angola. De referir que este Torneio se centra na proximidade e no reatar das boas relações entre as duas Federações, à muito de costas voltadas e relações cortadas desde o episódio do Armando Costa.
Assim, nada melhor do que a organização de algumas parcerias entre as duas federações tendo em vista as boas relações entre Portugueses e Angolanos, certo que todos ficarão a ganhar com isso.
Para começar o Torneio do Lubango, que para o qual o seleccionado luso convocou as seguintes jogadoras:

Joana Fogaça (Algés)
Susan Foreid (Algés)
Carla Nascimento (Vagos)
Ana Fonseca (Olivais)
Carla Freitas (CAB Madeira)
Sara Djassi (GDESSA)
Rosinha Rosário (União da Madeira)
Sónia Reis (Cadi la Seu)
Sofia Ramalho (Obenasa Navarra)
Paula Muxiri (Proffasa Badajoz)
Ana Oliveira (Maquinaria Ensino)
Débora Escórcio (Pabellon Ourense)
Tamara Milovac (Arxil Pontevedra)
Sara Filipe (Marsol Conquero)

11/05/2009

OLIVAIS É CAMPEÃO NACIONAL DA LIGA 2009

O Olivais Coimbra revalidou o título de campeão nacional feminino de basquetebol, ao vencer em Vagos por 70-63, no terceiro jogo da final da Liga Feminina.
Ao 3º e decisivo jogo o Olivais confirma a sua superioridade em relação à equipa do Vagos, com uma partida bem disputada, o inicio da mesma coube ao Vagos comandar o marcador até ao 3º periodo, altura em que problemas com faltas da Fernanda Beling, retirava alguma clarividência ao jogo exterior da equipa da casa.
Assim o Olivais tem um excelente aproveitamento e passa para a frente do marcador que geriu até ao final.
Desta maneira o Olivais renova o título que já lhe pertencia, e o Vagos termina com uma época fantástica, realizando a melhor classificação de sempre do Clube. na Liga Feminina.

05/05/2009

Final da Liga - Olivais sai na frente


Fim de semana de Final da Liga com o Vagos a deslocar-se aos Olivais saíndo derrotado nos dois encontros.

Jogo 1

No Sábado depois de um periodo equilibrado (19-17), o segundo o Olivais ganha uma vantagem de 8 pontos, chegando ao intervalo com (38-30).
O regresso dos balneários fez a maior diferença no jogo, um parcial de (23-12), tornava dificil a recuperação no derradeiro periodo. Com Ambrosia MVP, (29 pontos), e com execelentes contributos das colegas, Aja (19 pontos)e Ana Fonseca (12 pontos).
O Olivais cria um fosso grande na diferença de ressaltos 40 contra 18, e sai vencedor pela diferença de 15 pontos (76-61). No Vagos Fernanda e Carla foram as mais produtivas com 18 e 16 pontos respectivamente.

Olivais - 76

Ana Castro; Ana Rodrigues 2; Michelle Brandão 5; Aja Parham 19; Sónia Guilherme; Ambrosia Anderson 29 (MVP); Ana Santos 6; Ana Fonseca 2; Mónica Almeida 3; Daniela Rodrigues; Patricia Jesus.

A.D.Vagos - 61

Ana Nunes 10; Ana Teixeira 3; Paula Seabra 1; Lénia Pinto; Diana Marques; Vânia Costa; Fernanda Beling 18; Soraia Beirão; Carla Nascimento 16; Carla Amador 6; Raquel Soares 7.

Jogo 2

No Domingo, o jogo disputado teve menos qualidade, as asneiras aumentaram, pagava-se a factura do dia anterior e o calor tórrido sentido no pavilhão, fazia com que as jogadoras acusassem algum desgaste, normal nestas coisas de jogos seguidos.
E se no dia anterior estaria Ambrosia em bom nivél, neste jogo foi a vez de Aja (MVP) estar em destaque.
No jogo, um ligeiro ascendente no final da primeira parte, e mais uma vez o Vagos não conseguiu reentrar bem no inicio da 2ª metade permitindo ao Olivais aumentar a vantagem que chegou aos 19 pontos.
Com um defesa campo inteiro, o Vagos no derradeiro periodo conseguiu uma boa recuperação, terminando o ultimo parcial (15-22) favoravél ao Vagos, mas a vitória não deixava duvidas, permitindo ao Olivais ir com vantagem de duas vitórias para os encontros em Vagos, já no próximo fim de semana. Dia 9 - 18.00 Horas; Dia 10 - 19.30 Horas.

Olivais - 64

Ana Castro; Ana Rodrigues 6; Michelle Brandão 3; Aja Parham 23 MVP; Sónia Guilherme 1; Ambrosia Anderson 12; Ana Santos 8; Ana Fonseca 9; Mónica Almeida 2; Daniela Rodrigues; Patricia Jesus.

A.D.Vagos - 56

Ana Nunes 3; Ana Teixeira 14; Paula Seabra; Lénia Pinto; Diana Marques; Vânia Costa; Fernanda Beling 15; Soraia Beirão; Carla Nascimento 8; Carla Amador 6; Raquel Soares 10.