18/04/2012

1ª Divisão - Terminou a Fase Regular - vamos aos Play-Offs

Na 1ª Divisão, terminou a Fase Regular com o Lousada a ser o 1º Classificado, numa competição pautada pelo equilibrio. Nesta última jornada foram definidos os emparelhamentos para os Play-offs, ficando de fora dos 8 primeiros, a Sanjoanense e União Micaelense.
As desistências permaturas de União de Santarém e do Estoril proporcionaram um Campeonato a 10 equipas.
Para esta fase, todas as equipas queriam fugir à possibilidade de jogar com o Marítimo, pelo facto de terem de suportar o valor da viagem na deslocação à Ilha da Madeira, e o "contemplado" foi o Coimbrões.
O Play-off inicia-se no dia 25 de abril, com o seguinte emparelhamento:

Play-Off - 1ª Eliminatória - Jogo 1, 25/04
Escola da Amadora - Ovarense
A. Amigos Calvão - Juvemaia
Gafanha - Lousada
Maritimo - S.C. Coimbrões

Resultados da 22ª Jornada

Escola da Amadora 36 X A.Amigos de Calvão 43
Micaelense 42 X Ovarense 58
Coimbrões 66 X Sanjoanense 33
Marítimo 49 X Lousada 54

Classificação Final da Fase Regular
----Equipa--------J--V--D--Pts
1º Lousada............18.14.4..32
2º S.C.Coimbrões..18.13.5..31
3º Ovarense...........18.12.6..30
4º Juvemaia............18.12.6..30
5º Calvão...............18.11.7..29
6º E.S.A..................18..9.9..27
7º Maritimo..............18..9.8..26
8º Gafanha...............18..5.13.23
9º Sanjoanense.........18..3.15.21
10ºMicaelense..........18..2.16.20

16/04/2012

Liga Feminina - Resultados


Foi de dominio dos visitantes, o primeiro jogo da ronda inaugural dos Play-Offs da Liga Feminina, exceto na Madeira, em que o CAB finalmente encontrou o antídoto para vencer o GDESSA do Barreiro, num jogo muito equilibrado.
No Porto, o Vagos não teve dificuldades em bater o Académico do Porto, enquanto o Quinta dos Lombos derrotou no Açores o Boa Viagem desfalcado, com limitações no seu plantel. Solange foi operada e já tinha terminado a época à muito, e Corin Adams, também está fora à bastantes jornadas, a recuperar de uma rotura parcial do tendão de Aquiles.
Por parte do Quinta dos Lombos, e pelo facto de  Shaqwedia Wallace, ter sido dispensada por ter contraído lesão (entorse), e de dificil recuperação, José Leite reforçou o seu plantel com a 6ª estrangeira da Época, a Internacional Amaya Gastaminza, uma jogadora de 21 anos extremo de 1,89; que "cresceu"  no Cento de Alto Rendimento em Espanha (SEC.XXI), durante 4 épocas, sendo agora jogadora do Salamanca de Espanha, emprestada ao Hondarribia de Irun, sendo mais um reforço para a equipa de Cascais, depois do regresso de Sofia Ramalho.
Já no Domingo o Algés foi ao Montijo derrotar o conjunto de Carlos Caetano, partindo também à frente na eliminatória.
A ronda segue no próximo Sábado e Domingo se necessário, agora nos pavilhões das equipas melhor classificadas da Fase Regular.

Resultados:

Académico F.C. 55 -  AD Vagos 78
CAB Madeira 79 -  GDESSA Barreiro 72
BoaViagem-Angra/Açores 56 -  Quinta dos Lombos 66
Montijo  48 -  Algés  58

08/04/2012

Play-Offs da Liga Feminina


É já no próximo sábado que se inicia a Fase Final da Liga Feminina.
Play-Offs, como é habitual, com uma calendarização no minimo apressada. Depois das equipas terem durante 6 meses que jogar a Fase Regular, em apenas um mês resolve-se a fase decisiva, e se os finalistas forem ao 5º Jogo da Final (16 de Maio).
Jogar a 14 ou 15 de Março, datas do 1º jogo da 1ª eliminatória do Play-Off, a qual depois transita para o fim de semana seguinte 21 e 22 de Março, tendo os apurados imediatamente que jogar o 1º jogo da 2ª eliminatória nos dia 25 de Abril, ou seja a meio da semana.
No fim de semana seguinte 28 e 29, a decisão de quem vai ser finalista na Liga deste ano.Ou seja, as equipas que apuram para a 2ª eliminatória podem fazer 5 jogos em 9 dias.

A classificação Final ditou os seguintes confrontos, mais uma vez a iniciar em casa do pior classificado. Os play-offs jogam-se à melhor de 3 jogos na 1ª e 2ª eliminatória, a Final será à melhor de 5 jogos, iniciando-se em casa do melhor classificado.

CALENDÀRIO
Jogo 1 - 1ª Eliminatória
Sábado dia 14/04
Académico F.C. - AD Vagos  14.30  Horas

CAB Madeira - GDESSA Barreiro 15.00 Horas
Boa Viagem-Angra-Açores - Quinta dos Lombos 16.00 Horas
Domingo dia 15/04
Montijo BANDABASKET - Algés 18.15  Horas

Jogo 2 - 1ª Eliminatória

Sábado 21/4
Algés - Montijo BANDABASKET 15.30 Horas
AD Vagos - Académico F.C. 16.30  Horas
GDESSA Barreiro - CAB Madeira 18.00 Horas
Quinta dos Lombos - BoaViagem-Angra-Açores 18.00 Horas
Jogo 3 - 1ª Eliminatória (Se necessário)

Domingo 22/4
GDESSA Barreiro - CAB Madeira  11.30  Horas
Algés - Montijo BANDABASKET 15.30  Horas
AD Vagos - Académico F.C. 16.30  Horas
Quinta dos Lombos - Boa Viagem-Angra-Açores 17.00  Horas

Ros Casares vence Euroliga


Em Final espanhola da Euroliga, o Ros Casares e o Rivas eram adversários bem conhecidos, deixando para trás a concorrência Russa e Turca. Num Final empolgante, marcada tambem pelo desgaste fisico das duas equipas naquela que foi uma maratona de jogos nesta Final da Euroliga disputada em Istambul. Numa 1ª parte equilibrada o 1º quarto favorável ao Ros por apenas 2 pontos, mostrava que a decisão da partida´, não trazia ao jogo nenhum favorito.
O Ros embora com um plantel de maior extensão e qualidade, sabia que tinha um coletivo da parte do Rivas sabedor daquilo que o Ros melhor faz em jogo.
Miguel Mendez, nosso conhecido, treinador muitos anos do Celta de Vigo, preparou o jogo não para cumprir calendário mas para vencer, e uma pior prestação no quarto periodo, com apenas 4 pontos marcados, permitia que o Ros avançasse a diferença e matasse o jogo. Silvia Dominguez, a pequena base de origem Salamantina, foi enorme marcando 13 pontos, e Sancho Lyttle era muito dificil de parar na area pintada. As duas deram ao Ros muito para vencerem esta grande Final com todo o mérito.
Do lado do Rivas, surpresa ou não em chegar á Final, deixando para trás equipas de maior valor. teve em Asjha Jones a melhor em campo.

RIVAS ECOPOLIS 52

Laura Nicholls 7, Essence Carson 8, Clara Bermejo Moreno, Kourtney Treffers, Elisa Aguilar 7, Vega Gimeno, Amaya Valdemoro 6, Asjha Jones 14, Anna Cruz 7, Gema Garcia 2, Tijana Krivacevic, Sandra Pirsic 1.

ROS CASARES 65

Jana Veselá 2, Silvia Dominguez 13, Isbelle Yacoubou 8, Miriam Foraste, Laia Palau, Katalin Honti, Ann Wauters 12, Eshaya Murphy, Lauren Jackson 4, Sancho Lyttle 18, Maya Moore 8.

CLASSIFICAÇÂO FINAL
1. Ros Casares
2. Rivas Ecopolis
3. UMMC Ekaterinburg
4. Fenerbahce
5. Galatasaray MP
6. SpartaK M.R. Vidnoje
7. Beretta-Famila
8. Wisla Can-Pack

29/03/2012

Euroliga Final 8 - Galatasaray de Ticha perde

Istambul tem o previlégio de receber a Final 8 da EuroLiga. E como se costuma dizer que há portuguesas em todo o lado, não é exceção termos a participação da Ticha com o seu Galatasaray.
Foi um mau inicio a participação da equipa de Ticha na Final da Euroliga. O Galatasaray, não foi capaz de ultrapassar um Rivas mais organizado e mais agressivo na desfesa. Com o resultado final de 74-68, o Rivas começa assim com vantagem a mais importante competição da FIBA, Por sua vez o Rivas reencontra a Beretta Famila às 18.00 Horas
No outro grupo o Ros Casares arbitrado por Sérgio Silva venceu o UMMC Ekaterinburg por 62-49, enquanto as Polacas do Wisla Can-Pack perderam com as Moscovitas do Sparta Vidnoje por 70-77.
O Fernebahce venceu o Beretta Famila por 74-58, defronta hoje ás 20.45 Horas, o Galatasaray, no derby Euroliga Turco, onde é esperada lotação esgotada, cerca de 8.000 pessoas.

Calendário de hoje:

Sparta Vidnoje x Ros Casares
UMMC Ekaterinburg x Wisla Can-Pack
Beretta-Famila x Rivas Ecopolis
Galatasaray x Fenerbahce

Analise ao Jogo Galatasaray x Rivas

24/03/2012

Liga Feminina - Resultados


B. Barcelos 57 x Tores Novas 65

E.M.A. Meneres 67 x Boa Viagem 63

AD Vagos 69 x Olivais 63

Académico 85 x CAB Madeira 91 a.p.

GDESSA 70 x Montijo 58

Olivais 55 x Boa Viagem 61

Algés 65 x CAB Madeira 49

Académico 67 x Quinta dos Lombos 80

Foto:Olivais Coimbra



23/03/2012

Assim vai a Liga Feminina



A duas jornadas do final da Fase Regular, a Liga Feminina tem muita coisa para decidir, em disputa estão os lugares para a os play-offs, e em simultâneo a decisão de quem irá ser despromovido á 1ª Divisão.
Na classificação atual, o quarteto composto por Torres Novas, Escola Menéres, Basquete de Barcelos e Olivais, todos correm o risco de descer, ou o prémio da manutenção, já que as 8 equipas que irão disputar o play-off já foram encontradas, podendo haver ainda alteração até á última jornada de posição final da Fase Regular.
O CAB Madeira, já tem a penalização de não ter realizado o jogo nos Açores, por razões economicas, encontrando-se esta semana no Continente para acerto de Calendário.


Jogar 6 jogos em 9 dias, é um esforço suplementar, que em nada abona a verdade da competição.





Classificação Atual

----Equipa--------------------J-V-D-FC-PM-PS-Dif-Pontos
1º Algés..............................20 19 1 0 1374 984 390 39
2º AD Vagos......................20 18 2 0 1445 1049 396 38
3º GDESSA........................20 13 7 0 1328 1279 49 33
4º Quinta dos Lombos.......20 12 8 0 1354 1220 134 32
5º BoaViagem....................19 12 7 0 1153 1071 82 31
6º CAB Madeira................19 12 6 1 1265 1096 169 30
7º Montijo...........................20 8 12 0 1307 1341 -34 28
8º Académico F.C............. 19 8 11 0 1152 1197 -45 27
9º OlivaisCoimbra.............19 5 14 0 1042 1182 -140 24
10º EMA Menéres............20 4 16 0 1009 1339 -330 24
11º Basquete Barcelos......20 4 16 0 950 1348 -398 24
12º Torres Novas..............20 3 17 0 1096 1369 -273 23

O Olivais terá dupla jornada, já que recebe também no Sábado ás 18 Horas o Boa Viagem.
O CAB Madeira para acerto de Calendário depois de uma semana inteira de jogos realizados no continente, deslocou-se à Escola Meneres, Torres Novas, Olivais, Basquete Barcelos, vencendo todos os jogos realizados, tem agora também uma dupla jornada a 24 e 25 de Março, jogando com Algés e Académico respetivamente.

Proxima Jornada (21ª)

Sábado 24
GDESSA Barreiro - Montijo
Académico F.C. - Quinta dos Lombos
Olivais - Boa Viagem (jogo da 20ª Jornada)
Algés - CAB (jogo da 10ª Jornada)

Domingo 25
EMA Menéres - Boa Viagem
AD Vagos - Olivais
Basquete Barcelos - Torres Novas
Académico F.C. - CAB (jogo da 15ª Jornada)

WomenBasket de regresso à atividade

Depois de 6 meses de interregno, este blog regressa, tentando colmatar a ausência de informação que se nota nos sites de divulgação do nosso basquetebol, no que se refere ao Basquetebol Feminino.
Com a finalidade de que a informação e a divulgação possa ser o mais util possivél a toda a comunidade e apoiantes do Basquetebol Feminino em Portugal.
Até breve
JJ

19/09/2011

CPN Organiza o 12º Torneio de Formação


12º Torneio Internacional de Basquetebol do CPN

O 12º TORNEIO INTERNACIONAL DE BASQUETEBOL DO CPN, enquadra-se precisamente numa política de fomento e divulgação da modalidade, possibilitando às nossas jovens atletas um contacto internacional e um convívio desportivo e social, que tanto se revela essencial para ajudar a construir uma “Juventude Futura” mais sadia, mais culta, mais solidária e fraterna.

Para o efeito irão estar presentes algumas das melhores equipas nacionais bem como da Galiza (Espanha). Predominam, contudo, equipas do Grande Porto com destaque para os Concelhos de Valongo, Porto, Maia e Matosinhos.

A formação de todos os presentes é também uma preocupação da organização. Como exemplo são o clinic aberto a todos os interessados com o Coordenado das selecções nacionais e seleccionador nacional sénior feminino Ricardo Vasconcelos sobre o tema "Treino para Jovens Atletas - hábitos e desempenhos" e um colóquio sobre nutrição relacionada com a prática desportiva, pelo Dr. Pedro Carvalho, Prof assistente convidado da faculdade de ciências nutrição e alimentação da Universidade do Porto.

O basquetebol pode também ser solidariedade, assim vamos promover uma iniciativa intitulada “Cesto Solidário” que irá solicitar aos participantes e a todos os interessados o donativo em géneros alimentares, que serão entregues a uma instituição de solidariedade social da freguesia de Ermesinde durante a entrega de prémios do torneio.

Não nos esquecemos dos mais pequeninos e por isso vamos ter vários momentos de alegria com a participação de várias equipas de mini basquetebol.

Os torneios do CPN são um complemento à componente competitiva das provas Distritais e Nacionais, que conjuntamente com a nossa participação em torneios têm vindo a engrandecer a experiencia das nossas atletas, levar longe o nome do Clube da cidade e do concelho. Como exemplo foram as nossas passagens por Itália, França, Republica Checa, Espanha e vários torneios do continente e ilhas nacionais.

A realização do torneio do CPN, já tem tradições no panorama basquetebolista e a experiencia dos anteriores permitiu que nestes momentos mais difíceis para todos os portugueses, fosse possível mais uma realização. No entanto tudo seria impossível se os encarregados de educação não acarinhassem e patrocinassem o projecto das mais diversas formas, sobretudo com a alimentação e alojamento dos nossos visitantes. Fundamentais são também os apoios do comércio e indústria locais, da Câmara Municipal de Valongo, Junta da Freguesia de Ermesinde, da Federação Portuguesa de Basquetebol e da Associação de Basquetebol do Porto.

Para todos um muito obrigado, e bom torneio. Uma saudação especial também para os clubes que amavelmente confirmaram a sua presença neste torneio.


By CPN

18/08/2011

Bulgária é o próximo adversário das Portuguesas

Depois da vitória de ontem frente á Eslovénia, o dia de hoje é reservado para repôr energias, e curar algumas mazelas deixadas pelos confrontos anteriores.


Portugal terminou em 2º no grupo de qualificação para os quartos de final, empatado com a Inglaterra que fez 1º lugar, e desta forma iremos emparelhar com a Bulgária.


A Bulgária que inicialmente pertenceu ao grupo C, apurando-se em 3º lugar, num grupo que faziam parte, Lituânia, Israel e a equipa da casa a Roménia. No grupo de qualificação, a Bulgária venceu à Suiça, Dinamarca e perdeu com a Alemanha.


Na Bulgária poderá estar uma das melhores executantes do Europeu, Borislava Hiristova, é a melhor jogadora Bulgara, um extremo com 1.80, com 23,8 pontos de média, 8,8 ressaltos por jogo e 1,8 assistencias por jogo. Hiristova o pior que fez neste Europeu, foi marcar 16 pontos contra a Lituânia, sendo sem duvida uma das melhores executantes neste Europeu.



Como tal, e atendendo ao valor da equipa, também a Bulgária terá concerteza dificuldades em arranjar formas de contrariar a dupla Joana Soeiro, Laura Ferreira e os seus pares, que nos aspectos defensivos causam dores de cabeça a quaisquer seleção.


Assim amanhã se espera um grande jogo e que a vitória caia para o nosso lado, para fazermos parte das melhores 4 equipas do Europeu.


Em ano de crise, e do terminus dos Centro de Treino, nada melhor que brindar essa péssima decisão com uma subida de divisão.



Mas por agora a Bulgária, boa sorte para esse jogo e bom trabalho.



Quartos de final (Hora Portuguesa)


11:30 Alemanha vs Ucrânia
13:45 Portugal vs Bulgaria
16.00 Inglaterra vs Roménia
18.15 Lithuania vs Letónia

17/08/2011

Portugal vence a Eslovénia e está nos quartos de final

No ultimo jogo da fase de qualificação para os quartos de final do Europeu, Portugal venceu a Eslovénia num jogo pautado pelo equilibrio com um inicio favoravel ás Eslovenas.
No 2º parcial Portugal obrigou a Eslovénia a marcar apenas 7 pontos contra 15 das portuguesas. Ao intervalo Portugal colocava a verdade no marcador e ía para o descanso com uma vantagem de 4 (25-29).
Na 2ª metade a Eslovenia volta a equilibrar o jogo, mas Portugal mais forte nas ações defensivas acabou por provocar 20 turn-overs ao adversário, que no ultimo parcial acabou por construir um ligeira vantagem que geriu até ao final.
Com 12-19 no ultimo e derradeiro periodo, o jogo termina com a vitória das Portuguesas por (52-60).
Mais uma vez Joana Soeiro com 15 pontos e Laura Ferreira com 18 foram as mais produtivas, com Josephie a conseguir para a sua conta pessoal 11 ressaltos.
Do lado Esloveno destaque para a poste Lisec com 16 ressaltos.
Portugal dispõe finalmente de um dia de descanso, para depois enfrentar os quartos de final da competição.


Parciais:

18-14; 7-15; 15-12; 12-19

ESLOVÉNIA 51

Zala Lesek 2; Alma Potocnik 15; Manca Hafner 8; Urska Jutersnik; Masa Potokar; Ela Micunovic; Manca Jelenc 2; Ema Leskovsek; Eva Lisec 8; Anja Valentincic 8; Larisa Ocvirk 9; Teja Dimec.


PORTUGAL 60

Sofia Pinheiro 4; Emilia Ferreira 4; Ines Silva; Ines Veiga 5; Joana Cortinhas 8; Laura Ferreira 18; Mafalda Guerreiro 3; Joana Soeiro 15; Simone Costa; Josephine Filipe 8; Ana Santos; Sara Dias.

Vitória foge para a Inglaterra

As portuguesas deixaram fugir a opurtunidade de continuar invencíveis neste Europeu. A culpa foi de uma Inglaterra a qual não conseguimos ser mais serenos nos minutos finais, quando a 2.58 do final venciamos por 4 pontos.
A Inglaterra é uma equipa muito fisica, com 9 jogadoras com mais de 1.80, e isso também é um fator que desgastou a nossa seleção.
Na fase final, o coração mandou mais que a cabeça, e as iglesas souberam aproveitar, vencendo o jogo por 51-55.
Numa tarde em que Joana Soeiro esteve imparavél, marcou 25 pontos, 3 ressaltos, 1 assistência e 2 roubos de bola.

Portugal foi traído também pela maior capacidade de ressalto das Inglesas,Cheridene Green com 10 ressaltos e 12 pontos marcados, era muito forte na área pintada, e uma vantagem nos ressaltos de 35 para 46 ditam bem as dificuldades lusas.

Parciais:
11-20, 10-8, 17-12, 13-15

INGLATERRA 55

Ashley Tensel 2; Jay-Ann Bravo-Harriott 11; Janice Monakana 12:Leah McDerment 4; Mollie Campbell; Rhianna-Mae Laing; Lauren Elizabeth Milligan; Harriet Ottewill-Soulsby; Karlynn Monica Edgeller; Shequila Joseph 14; Osaro Otobo; Cheridene Green.

PORTUGAL 51

Sofia Pinheiro 8; Emilia Ferreira 1; Ines Silva; Ines Veiga 5; Joana Cortinhas; Laura Ferreira 6; Mafalda Guerreiro 2; Joana Soeiro 25; Simone Costa 9; Josephine Filipe 9; Ana Santos 2; Sara Dias.

As sub-16 irão continuar a sua "saga", e perseguir o seu sonho, voltando amanhã a entrar em cena contra a Eslovénia.

Vitória sobre a Estónia das sub-16 = 31-73

Uma Estónia de outro campeonato foi presa facil para as portuguesas, num jogo que serviu para todas as jogadoras disponiveis tivesses a sua participação efetiva no jogo. Cumprida a 1ª metade do jogo a Estónia só tinha marcado 12 pontos contra 31 de Portugal.
Na 2ª metade Portugal voltou a aumentar a diferença contra um equipa que não tinha argumentos para contrariar a nossa seleção. A vitória facilmete foi-se construindo com Laura Ferreira ainda assim a destacar-se com 17 pontos e 4 ressaltos.
Começa bem a equipa portuguesa nesta fase embora comece apartir de agora a defrontar as equipas mais capazes vindas dos outros grupos de apuramento.
o proximo é já com a Inglaterra


PARCIAIS:

8-20, 4-11, 13-27, 6-15

ESTÓNIA 31

Anni Tagapere 2; Trine Kasemägi 6; Kristi Tamp 3; Kadri Ann Lass 4; Sofia Anissimova; Mariann Adelbert 2; Jane Svilberg 4; Marie Roosalu 3; Laura Marleen Reissar; Tatjana Razguliajeva 7; Marta Liisa Suitslepp; Anett Nurm.

PORTUGAL 73

Sofia Pinheiro 11; Emilia Ferreira; Ines Silva 2; Ines Veiga 7; Joana Cortinhas 2; Laura Ferreira 17; Mafalda Guerreiro 4; Joana Soeiro 10; Simone Costa 9; Josephine Filipe 9; Ana Santos 2; Sara Dias.

Portugal Sub-16 minimizou a Ucrânia

Demasiado evidente a superioridade das Portuguesas face ás Ucranianas, impensavel tal desnivél num passado próximo.
A equipa portuguesa com outro ritmo, e com capacidade de estender durante muitos minutos a sua defesa campo inteiro, complicou em muito a equipa da Ucrânia, que o melhor que fez foi vencer o ultimo periodo, mas quando a diferença já era acima dos 20 pontos.
A dupla Laura e Joana Soeiro foram as melhores contra um Ucrania que teve em Anastasiya Polovynka com 10 pontos e 10 ressaltos, o seu melhor elemento.
Portugal faz a 1ª posição do grupo da fase preliminar, saltando agora para a fase de qualificação juntamente com Inglaterra, Eslovénia, Letónia e Estónia.

Parciais:
7-17; 8-17; 7-10; 14-11.

UCRÂNIA 36

Viktoriia Khomiak; Alina Popova 5; Viktoriya Kunda 11; Anastasiya Bondarenko; Oxana Chebenyeyeva; Anastasiya Shepel 2; Svitlana Kyrychok; Iryna Zhmurko; Tetyana Antonyuk 2; Nataliya Skorbatyuk; Anastasiya Polovynka 10; Oksana Batrakova 6.

PORTUGAL 55

Sofia Pinheiro 4; Emilia Ferreira; Ines Silva; Ines Veiga 3; Joana Cortinhas 7; Laura Ferreira 15; Mafalda Guerreiro 3; Joana Soeiro 18; Simone Costa 3; Josephine Filipe 2; Ana Santos; Sara Dias.

16/08/2011

7ª Lugar para as Sub-18 no Europeu

Israel foi o ultimo adversário na calha das portuguesas, para discutir os 7º e 8º lugar. Fechar o Europeu da Hungria com uma vitória, foi fechar com chave d'ouro, uma competição a qual Portugal encontrou pelo seu caminho equipas melhores fisicamente, e com capacidade de jogar próximo do cesto.
Nas as outras posições, Joana Jesus e Jessica Almeida foram sem duvida de grande nivél, bem ajudadas por Catarina, Mafalda, Canastra e Mafalda, enquanto Carolina Anacleto foi baixa, ao fazer uma fissura no dedo mindinho.
Todas as outras, fizeram as despesas do jogo interior, Raquel Jamanca, Inês Pinto, Helga, Vânia e Helena, a terem de ser bater a maioria da vezes com jogadoras de 1.85, e 1.90.
Em resumo um Europeu, no qual se discutiram todos os jogos, com a Croácia a sagrar-se medalha de ouro, seguido da Grécia com a prata, e a Letónia com o bronze.
De recordar, que Croácia e Letónia foram adversários de Portugal. No último dia o jogo com Israel, serviu para que todas participassem e contribuissem para a vitória, jogando de uma forma liberta de pressões ou classificações.
A entrada do jogo mostra isso mesmo, um parcial de (0-9), para (27-35) ao intervalo.
Joana Jesus mostrava-se imparavél, MVP da partida com 23 pontos, 7 ressaltos e 4 assistências.
A toada da 2ª metade teve o mesmo sentido, e sem nunca Israel se intormeter na discução do resultado, Portugal vence com toda a justiça e conquista o 7º lugar com todo o mérito.

Parciais:
5-18, 20-19, 12-12, 20-19

ISRAEL 57

Hadar Levi; Mariam Hannou 4; May Dayan 6 Nof Kedem 17; Sapir Tirosh; Michal Assaf 6; Amit Gur 1; Dror Myburgh 3; Shira Karmi; Mozes 8; Chen Weisbort 12; Sapir Sarig.

PORTUGAL 68

Mafalda Barros; Catarina Neves 2; Helga Goncalves 4; Nádia Fernandes; Carolina Anacleto; Inês Pinto 6; Helena Costa; Jessica Almeida 4; Joana Canastra 19; Raquel Jamanca 3; Vania Sousa 6; Joana Jesus 1.
CLASSIFICAÇÃO FINAL

1- CROÁCIA
2- GRÉCIA
3- LETÓNIA
4- FINLÂNDIA
5- HUNGRIA
6- BIELORRUSSIA
7- PORTUGAL
8- ISRAEL
9- ALEMANHA
10-DINAMARCA
11- NORUEGA
12- BULGÁRIA
13- INGLATERRA
14- LUXEMBURGO
15- AUSTRIA
16- SUIÇA

Portugal reencontra a Bielorrussia e perde (48-64)

Já se sabia as dificuldades para vencer a forte equipa da Bielorrussia, a qual já se tinha cruzado antes com as portuguesas.
Este duelo acabou por ser idêntico ao anterior, a Bielorrussia mais forte desde cedo começou a comandar o jogo com Portugal sempre atráz nunca deixando fugir o adversário no marcador.
Ao intervalo a vantagem das Bielorrussas era de 15 pontos (23-38), muito por culpa do desiquilibrios que Ivashchanka provocava na area pintada, ora a marcar, ora a chamar ajudas pela vantagem de estatura que tinha em relação ás portuguesas.
Na 2ª metade a Bielorrussia geriu o jogo nunca deixando Portugal aproximar-se muito, terminando o jogo com 48-64 favoravél ás Bielorrussas, Portugal iria jogar com Israel o apuramento para o 7º e 8º lugares da competição.
Joana Jesus voltou a fazer um bom jogo, marcou 12 pontos e conquistou 7 ressaltos, assim como Jessica com 14 pontos.


Parciais:
12-21, 11-17, 12-16, 13-10


PORTUGAL 48

Mafalda Barros; Catarina Neves; Helga Goncalves 6; Nádia Fernandes 3; Carolina Anacleto; Inês Pinto 6; Helena Costa; Jessica Almeida 14; Joana Canastra 2; Raquel Jamanca 5; Vania Sousa; Joana Jesus 12.

BIELORRUSSIA 64

Alena Holubeva; Tatsiana Dudareva; Darya Lipinskaya 14; Katsiaryna Pratasevich 4; Katsiaryna Shastsilouskaya; Hanna Kalenta 11; Maryia Papova 12; Maryna Ivashchanka 15; Ksenija Voishal; Natallia Baklaha 3; Yuliya Haponava 2; Katsiaryna Nialepka 3.

12/08/2011

Portugal Sub-18 perde com a Finlândia

Não é por acaso que a Finlândia, que conta so com vitórias todos os jogos disputados, e que tirando o jogo com a Letónia, todos os outros tinham sido vitórias folgadas; sem duvida uma das melhores equipas do Europeu Sub-18.
Portugal, que até entrou muito bem no jogo conseguiu conter o ascendente Finlandês, e sai para o intervalo com 42-39.
Do lado da Finlândia a inspiração de Liskola, uma extremo com 1.82, com uma percentagem nos tiros de 2 pontos muito acima da média, com 9 marcado em 13 tentados, acompanhada por Holopainen com 23 pontos no total, fizeram com que Portugal não conseguisse travar esta eficácia no 3º periodo, no qual a Finlândia foge para um parcial de 21-11. Até ali, a Finlândia já estava nos sessenta pontos, e ainda faltava jogar um periodo. A confiança da Finlândia era muita o que mostra 62% na eficácia de lançamento de 2 pontos, muito acima da média.

No ultimo parcial, Portugal não conseguiu reduzir o ascende Finlandês, e a diferença dispara para os 20 pontos de diferença, a qual não demonstra a realidade do jogo.

A Finlândia avança para as meias finais, e Portugal irá disputar o melhor lugar do 5º ao 8º.

Joana Canastra e Joana Jesus foram as melhores com 19 e 18 pontos respetivamente, foram as mais produtivas.


Parciais;
22-18, 20-21, 21-11, 19-12

FINLÂNDIA 82

Sophie Weckström; Meral Bedretdin 6; Elisa Runsas; Anette Juvonen 10; Evita Iiskola 21; Emmi Leino 10 ; Ida Wahlgren; Kaisa Kuisma; Camilla Grönberg 6; Noora Korhonen 6; Annika Holopainen 23; Noora Järvikangas,

PORTUGAL 62

Mafalda Barros; Catarina Neves 2; Helga Goncalves 4; Nádia Fernandes; Carolina Anacleto; Inês Pinto 6; Helena Costa; Jessica Almeida 4; Joana Canastra 19; Raquel Jamanca 3; Vania Sousa 6; Joana Jesus 18.

Portugal Sub-16 - 2ª vitória sobre o Luxemburgo

Segundo dia de Europeu, segunda vitória, contra a equipa mais débil do grupo, O Luxemburgo já tinha perdido ontem contra a Ucrânia, pelo que se entendia que poderia ser um jogo que se devia tornar facil.
Ganhar e gerir o grupo, no qual nenhuma jogadora fez mais de 30 minutos de utilização, prevendo um jogo disputado contra a forte Ucrania, Portugal venceu sem dificuldades um jogo que o Luxemburgo,o melhor que fez foi equilibrar o 1º periodo, 18-13 para depois Portugal fugir no resultado e criar um fosso no jogo atendendo á dieferença das duas formações.
Do lado do Luxemburgo Lisa Brigitta era a menos má, com 9 pontos e 7 ressaltos.
Laura Ferreira com 16 pontos voltou a ser a melhor marcadora do jogo, com Soeiro com 12 pontos e 5 ressaltos também se destacou.
Portugal volta a jogar contra a Ucrânia amanhã ás 18 Horas.


Parciais:
18-13, 7-24, 4-22, 5-7

LUXEMBURGO 34

Mia Pauly 4; Noémie Hoffmann 5; Anouk Frieden 3; Alexa Sanelli 5; Charlie Bidinger; Lena Walter; Jessy Goergen; Lynn Grandjean 5; Lynn Reuter 2; Maité Scheer; Liz Rehlinger 1; Lisa Brigitta Jablonowski 9.

PORTUGAL 66

Sofia Pinheiro 5; Emilia Ferreira 3; Ines Silva; Ines Veiga 2; Joana Cortinhas 7; Laura Ferreira 16; Mafalda Guerreiro 13; Joana Soeiro 12; Simone Costa 3; Josephine Filipe 1; Ana Santos 2; Sara Dias 2.

Portugal Sub-16 vence na estreia do Europeu à Letónia



As sub-16 portuguesas, tiveram o seu 1º jogo de abertura do Europeu de Arad na Roménia e logo contra a forte equipa da Letónia.
Depois de uma primeira parte talhada pelo equilibrio, em que a maior diferença foi de 3 pontos a favor da Letónas, o intervalo chegava com um empate a 31 pontos.
Na segunda metade Portugal tornou-se mais autoritário, e com mais ritmo nas tarefas defensivas colocava muitos problemas á Letónia, uma equipa com jogadoras altas, e mais fortes nas posições interiores.
No 3º periodo e depois de um emapte a 33 pontos a 7 minutos do final do periodo, Portugal faz um parcial de 10-0, baralhando a equipa da Letónia, que a partir daí teve de andar a tráz do resultado. Um vantagem á entrada do derradeiro periodo, permitiu que Portugal nunca largasse o comando do marcador, chegando ao final gerindo a vantagem que lhe dava a 1ª e importante vitória neste arranque do Europeu. Conforme se esperava Laura com 17 pontos e Joana Soeiro com 13 pontos e 10 ressaltos eram as mais produtivas, numa equipa que bem conhecemos muito solidária e trabalhadora.
A competição segue hoje com Portugal a jogar contra o Luxemburgo, num jogo que se espera acessivel para as nossas cores.

Parciais:
22-19, 9-12, 12-8, 21-18.

PORTUGAL 64

Sofia Pinheiro 5; Emilia Ferreira 2; Ines Silva; Ines Veiga 9; Joana Cortinhas; Laura Ferreira 17; Mafalda Guerreiro 6; Joana Soeiro 13; Simone Costa; Josephine Filipe 8; Ana Santos 4; Sara Dias.

LETÓNIA 57

Ieva Spigule; Kate Karlina Kreslina 2; Arta Fridenberga 6;Marta Barbara Bergmane 3; katrina Kate Visnevica; Kitija Laksa 9; Paula Strautmane 3; Alise Feodorova 2; Sigita Dzarcane 5; Marta Miscenko 9; Ruta Vetra 10; Paula Luke 6.

Portugal vence Alemanha e garante lugar nos 8 melhores

Aproveitar a ultima e derradeira hipotese de entrar nos primeiros 8 Classificados deste Europeu, foi o que as Sub-18 tiveram no jogo frente à Alemanha, a vitória frente a esta formação começou a ser construida logo no inicio da partida, com o dominio nos dois primeiros periodos.
Com Jessica 20 pontos e Joana Jesus 18 pontos e MVP da partida, a Alemanha não conseguiu ter argumentos para parar as duas jogadoras exteriores portuguesas.
O melhor que a Alemanha conseguiu foi vencer o 3 periodo (20-15), e por o jogo a 3 pontos de diferença.
Portugal tremeu mas não caiu, e volta a dominar o ultimo periodo, vencendo o jogo por 6 pontos de diferença e a dar um grande passo para uma boa classificação Final.
Hoje joga-se os quarto de Final com os seguintes jogos:

CROACIA 85 vs ISRAEL 49
FINLANDIA vs PORTUGAL
BIELORRUSSIA vs GRÉCIA
LETÓNIA vs HUNGRIA

Parciais:

14-17, 7-13, 20-15, 16-18

ALEMANHA 57


Elisabeth Dzirma 2; Mary Mihalyi; Pia Dietrich 7; Fanny Szittya 7; Keisha Carthäuser 4; Lena Gohlisch 4; Kristin Annawald 2; Sophie Eder 6; Laura Hebecker 14; Caroline Van der Velde; Marie Gülich 5; Anna Heise 6.

PORTUGAL 63

Mafalda Barros 3; Catarina Neves 2; Helga Goncalves; Nádia Fernandes; Carolina Anacleto; Inês Pinto 6; Helena Costa; Jessica Almeida 20; Joana Canastra 3; Raquel Jamanca 9; Vania Sousa 2; Joana Jesus 18.